O governador Ricardo Coutinho foi enigmático ao ser questionado, na manhã desta terça-feira (25), sobre a substituição da candidatura de João Azevedo em João Pessoa.

Ricardo não desmente a especulação e afirma apenas que não é o candidato, muito menos dirigente partidário. Ele garantiu apenas, que vai pedir voto ao candidato do partido, em cada rua da cidade.

“Eu não sou candidato e nem dirigente partidário. Vou andar em cada canto da cidade, em cada rua, pedindo voto para o candidato do partido”, afirmou.

A declaração do governador foi dada durante solenidade, na Praça Três Poderes, onde Ricardo sanciona a lei que dar ao Incra o direito de usar as Várzeas de Sousa.