A sede do PMDB na Paraíba foi vandalizada na manhã desta quarta-feira (20) com várias pichações ofendendo o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha e chegando a declarar a morte do parlamentar.

Em outras pichações, é possível ler as palavras ‘fascista e golpista’, além da frase ‘vai ter luta’, utilizada por aqueles que lutam contra o impedimento do mandato da presidente Dilma Rousseff (PT).

A dissolução da parceria entre o PMDB e o PT foi vital para que o prosseguimento do processo de impeachment fosse aprovado pelos deputados federais. Os três parlamentares paraibanos do PMDB, inclusive, votaram a favor do impedimento.

Paraiba.com