O presidente da Câmara Municipal de João Pessoa, Durval Ferreira (PP) revelou ao blog do Anderson Soares nesta terça-feira (19), que ainda não foi notificado pelo juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública, Marcos Coelho de Salles sobre a CPI da Lagoa.

O magistrado estipulou um prazo de dez dias para Durval se manifestar sobre a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar supostas irregularidades nas obras da Lagoa. A decisão foi tomada no dia 5 de abril.

Sem querer culpar A ou B, ainda não recebemos nenhuma notificação, mas quando recebermos, antes do prazo estipulado a Procuradoria Jurídica vai se pronunciar sobre o assunto”, afirmou Durval.