O senador José Maranhão (PMDB) adotou nesta segunda-feira (18), um tom de cautela sobre seu posicionamento em relação ao impeachment da presidente Dilma Roussef (PT) no Senado.

Embora a orientação do PMDB seja pelo impedimento, o senador disse que ainda vai analisar o processo para se posicionar sobre o tema.

“Embora eu seja do PMDB e a unidade seja o princípio seja uma questão de ordem, preciso conhecer o processo  na íntegra, mas até agora, meu posicionamento tem sido de admitir o processo de impeachment da presidente Dilma”, afirmou

Questionado se era a favor do partido assumir a presidência da comissão do impeachment, Maranhão declarou que é contra, por uma questão de prudência.

” Concordo inteiramente com o presidente do PMDB, Romero Jucá, para não parecer que é uma armação do PMDB e do vice-presidente Michel Temer para aprovar o impeachment. Essa seria uma medida de prudência”, explicou.

O PMDB é a maior bancada do Senado, por isso tem o direiro de indicar relatoria ou a presidência da comissão que analisará o processo.