Projeção realizada pelo Datafolha com base na votação até agora na Câmara dos Deputados indica aprovação da abertura de processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).

Até as 19h50, 175 deputados haviam votado “sim”, ou seja, pelo afastamento de Dilma. Com base no comportamento das bancadas e nas declarações antecipadas de voto, o número mínimo de 342 votos a favor do impeachment deverá ser atingido, de acordo com a estimativa do instituto de pesquisas.

Mais tarde, as 20h25, 212 deputados já haviam votado pelo impeachment da presidente.

A votação na Câmara não significa o afastamento imediato de Dilma. A decisão dos deputados precisará ainda ser confirmada por maioria simples pelo Senado, o que deve acontecer até o início de maio.

A VOTAÇÃO

Na primeira etapa do processo, que durou 43 horas, quase 120 deputados discursaram. A votação do impeachment no plenário segue a ordem Norte-Sul, alternada por Estados. Assim, o primeiro Estado a votar foi Roraima e Alagoas será o último. Dentro dos Estados, a ordem de votação dos deputados é alfabética.

Em São Paulo, os defensores do impeachment se concentram na av. Paulista; os contrários, no vale do Anhangabaú. Em Brasília, uma barreira divide as duas torcidas na Esplanada.

Folha