O deputado federal paraibano, Benjamin Maranhão (SD) ocupou a tribuna da Câmara Federal, na noite desta sexta-feira (15), para denunciar a compra de apoio de parlamentares contra o impeachment da petista.

Segundo o paraibano, o governo paga até R$ 1 milhão para que deputados se ausentem da sessão de amanhã (17), quando ocorrerá a votação do impedimento da presidente.

Benjamin chama atenção dos eleitores para que cobrem uma posição firme do seu deputado a favor do afastamento de Dilma Roussef (PT).

“Vamos fazer com que o povo brasileiro faça impor a sua vontade e pedimos a consolidação do placar para que se possa chegar a mais que os 342 votos necessários para aprovação do impeachment”, disse.