Os médicos da Prefeitura Municipal de João Pessoa vão paralisar suas atividades a partir desta segunda-feira (14). A categoria reclama que o prefeito Luciano Cartaxo (PSD) não cumpriu acordos feitos no ano passado. A previsão é que a paralisação aconteça até a sexta-feira (18).

Os profissionais reivindicam melhores condições de trabalho e cumprimento do acordo feito no ano passado, gratificação por desempenho de produção. O pedido é para que essa gratificação seja incorporada a aposentadoria – corresponde a 40% da remuneração do médico.

O movimento, de acordo com o presidente do sindicato dos Médicos da Paraíba, Tarcísio Campos, vai afetar os hospitais Santa Isabel, Valentina, Ortotrauma de Mangabeira e Cândida Vargas. Durante o período da paralisação 100 cirurgias deixam de ser realizadas e cerca de 300 consultas terão que ser remarcada, incluindo os CAIS.