O presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino, disse ao blog do Anderson Soares, na manhã desta terça-feira (1) que vai receber os servidores estaduais que ocupam o plenário da casa Epitácio Pessoa, desde ontem, em protesto a Medida Provisória 242 que suspende o reajuste do funcionalismo do Estado.

Galdino participa do velório do ex-deputado Múcio Sátyro, nas dependências da AL e logo após garantiu que está aberto para negociações com os manifestantes. Ele afirmou que sua postura sempre foi aberta ao  diálogo e que o Poder Legislativo cumpriu todos os prazos da tramitação da MP.

“Eu estou aberto ao diálogo. Se eles querem conversar, então vamos dialogar. A casa cumpriu todos os prazos de tramitação da MP. Realizamos audiência pública e estendemos a votação da matéria dez dias após a audiência. Então, estamos fazendo nossa parte”, ressaltou.

Entretanto, o deputado criticou a postura de radicalização do movimento e disse que esse comportamento atrapalha qualquer tipo de negociação.

“Dessa maneira que estão fazendo, atrapalha. O protesto deve ser de maneira pública. Será que eles querem diálogo mesmo? hoje não temos sessão por causa do velório do ex-deputado Múcio Satyro, mas se tivesse? é uma postura que mais atrapalha do que ajuda”, afirmou.