A revista Veja acusa o deputado federal, Veneziano Vital do Rego (PMDB) de ter votado no adversário do deputado Hugo Mota (PMDB) pela disputa da liderança do partido na Câmara Federal.

A revista diz que o presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha (PMDB), teria constatado pelo menos quatro traidores, entre eles, Veneziano. Os outros seriam os deputados Dulce Miranda, Josi Nunes e Aníbal Gomes.

De acordo com a reportagem, o paraibano teria votado em Leonardo Picciani por ter sido supostamente beneficiado pelo governo com a liberação de verbas por ministérios.

Veneziano teria garantido voto em Hugo Motta, que segundo ele, mantém uma relação de amizade muito próxima.

Redação com Veja