Um pedido de vista do juiz Leandro dos Santos adiou o julgamento da AIJE fiscal. Ele alegou que não teve tempo suficiente para se debruçar nos autos. O magistrado substitui o presidente do TRE, desembargador João Alves.

Ele garantiu que vai apresentar o voto na próxima quinta-feira. O placar até agora é de três votos contrários à cassação. Já votaram o relator Tércio Chaves, Silvio Porto e Breno Wanderlei.  A sessão foi suspensa por 15 minutos para retornar com o julgamento de outra AIJE do policiais.