O presidente estadual do PMDB, senador José Maranhão, confirmou no início da tarde desta terça-feira (12), a pré-candidatura do deputado federal Manoel Júnior (PMDB), à Prefeitura de João Pessoa. Ele disse que Manoel foi “ungido” como candidato do partido, por unanimidade, através da convenção do Diretório do PMDB da capital.

Maranhão justificou a candidatura, alegando que o partido com expressão do PMDB não pode ficar fora da disputa. “Seria uma anomalia, um partido da expressão, destaque e prestígio do PMDB não ter candidatura no principal colégio eleitoral. Até os adversários não compreenderiam”, argumentou.

O senador admitiu a possibilidade de aliança com o PSB, mas num provável segundo turno. Ele disse que se o critério de apoio fosse pesquisa, o governador deveria apoiar o candidato do PMDB, já que aperece melhor colocado nas pesquisas. “Nosso candidato está melhor que o do PSB, mas o poder estadual vai forçar a barra para que o candidato seja o dele”, alfinetou.

Em tom de cobrança, o ex-governador mandou um recado para Ricardo Coutinho ao lembrar do apoio decisivo do partido para vitória dele no segundo turno das eleições de 2014.

“O PMDB apoiou Ricardo Coutinho no segundo turno e ele venceu. O partido que vai está forte para governador nas próximas eleições é o PMDB. Eu espero que o candidato do PMDB tenha o apoio do governador assim como o partido deu apoio a ele no segundo turno “, finalizou.