“A meta da TV Record é, nos próximos três anos, dividir faturamento e disputar liderança com a Globo”.

Discurso de Edir Macedo, em 2013, durante lançamento da nova programação da Record. Quase três anos depois, a “profecia” já é uma realidade. Esta semana, a emissora do bispo conquistou um feito histórico na teledramaturgia brasileira.

A novela bíblica “Os dez mandamentos”, registou picos de audiência na casa de 31 pontos, contra 20 da Globo, na grande São Paulo, segundo dados do IBOPE. É um divisor de águas na TV brasileira. Anunciantes da Globo já começam a migrar para Record, conforme notícias publicadas na mídia. A partir de agora, é a Record quem dá “a regra do jogo” no tocante a teledramaturgia brasileira.

A Globo já começa a se movimentar para recuperar o “terreno” perdido e já admite produções bíblicas na programação. A sociedade brasileira agradece. Abro parêntese, para deixar claro, que discordo frontalmente da teologia pregada por Macedo, mas admiro o exemplo de resiliência, determinação, ousadia, planejamento e, porque não dizer, fé.

topo-anderson